Grupo de artistas floranienses lançam CD temático

Um grupo de artistas floranienses está lançando, nesta sexta-feira na cidade de Florânia, Seridó Potiguar, um CD temático enfocando a cultura de Florânia, do Seridó, e do sertão. Os artistas definem o disco como “um canto apologético às belezas e valores sertanejos” e ressaltam que todas as etapas do trabalho, desde a composição, gravação, mixagem, masterização, etc, foram realizadas por compositores, músicos e técnicos ligados à cidade. O show em Florânia ocorre às 20 horas no antigo Clube Municipal.

O que caracteriza a Opereta das Flôres são as 13 faixas autorais que falam dos temas Florânia, Seridó e sertão, intercaladas com diálogos onde 3 personagens conversam sobre os temas presentes nas músicas, costurando um roteiro temático que integra as referências à uma região num painel cultural digno de admiração.

O CD conta com a participação da cantora floraniense, Terezinha de Jesus, de sua irmã Odaíres Cruz, do baixista Franklin Toscano (ex-Surto), do violonista Ricardo Menezes, e um grupo de “artistas da terra” que doaram o seu talento a esse resgate cultural da região.

Em Natal, o CD será lançado no dia 26.10, quinta feira às 20 horas, em show no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, da Fundação José Augusto. A entrada para o show custa R$ 20 e dará direito a um CD.

Para o lançamento do CD, os produtores Gildo Cruz e Junior Galdino postaram no YouTube um vídeo clipe da música Flores do Seridó, estrelado por Terezinha de Jesus, que já atingiu quase 2000 visualizações.

Atenciosamente

Gildo Cruz e Junior Galdino – Produtores

(84) 99668 0708 – ZAP

Postagem: Domingos Toscano

Anúncios

TEREZINHA DE JESUS E O PROJETO NORDESTE JÁ

Foto – Terezinha de Jesus

NORDESTE JÁ é o título de um disco gravado no Brasil em 1985 com o objetivo de angariar fundos para a população carente do Nordeste do país.

Imagem do compacto Projeto Nordeste Já

Valendo-se ainda do filão engajado da pós-ditadura e feminismo, um coro de 155 vozes cantou, ainda que com uma participação individual diminuta, no coro da versão brasileira de We Are the World, o hit americano que juntou vozes e levantou fundos para a África ou USA for Africa.

Imagem da capa do compacto Nordeste Já

O projeto Nordeste Já abraçou a causa da seca nordestina, numa criação coletiva, surgiu o compacto com as canções Chega de Mágoa e Seca d´Água. Elogiado pela competência das interpretações individuais.

Imagem da contra-capa do compacto Nordeste Já

Dentre os intérpretes, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Djavan, Rita Lee, Gonzaguinha, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Tim Maia, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Simone, Elizete Cardoso, Chico Buarque, Gal Costa, Maria Bethânia, Caetano Veloso, e Fagner reuniram-se no Rio de Janeiro. O disco foi lançado pela CBS/Coomusa (Sony Music), em 1985.

Pequeno grupo dos 155 artistas do Projeto Nordeste Já

A cantora floraniense,TEREZINHA DE JESUS, também fez parte desse movimento e dessa história.

Confira o vídeo abaixo.

Música – SECA D’ÁGUA
Criação coletiva sobre poema de Patativa do Assaré
Gravadora: CBS/Coomusa – Sony Music
Lançamento: 1985 (Compacto Simples)

Fonte de pesquisa wikipédia

Por Junior Galdino