A NOVA ARQUITETURA DAS COISAS DE FLORÂNIA – 6º Olhar

A canção de Vinicius de Moraes, A CASA, aquela que diz assim:

Era uma casa muito engraçada
Não tinha teto, não tinha nada

Ninguém podia entrar nela, não
Porque na casa não tinha chão

Ninguém podia dormir na rede
Porque na casa não tinha parede

Ninguém podia fazer pipi
Porque penico não tinha ali

Mas era feita com muito esmero
Na rua dos bobos, número zero

A referida música nada tem a ver com os lindos modelos que estão surgindo por toda a parte no município de Florânia/RN. Prova disto, criamos à série A NOVA ARQUITETURA DAS COISAS DE FLORÂNIA, com a finalidade de mostrar outro olhar sobre as nossas construções residenciais e comerciais.

Hoje postamos mais uma nova casa recém-construída e de um bom gosto arquitetônico. Seu verde sobrepõe-se à natureza que lhe serve de fundo e de inspiração.

Foto e texto por Junior Galdino

Anúncios

GIFFONI – OS ITALIANOS DAS NOSSAS COISAS EM FLORÂNIA

Já dizia o saudoso maestro Marciano Ribeiro da Costa: “Nunca duble uma música! Se você sabe executar apenas uma canção, excute-a com maestria, com toda perfeição que possa alcançar, porém não se empolgue em tocar 10 músicas pela metade, pois o que vale não é quantidade, e sim, qualidade da execução”.

Por isso digo: não possuo muita propriedade para argumentar e adentrar no contexto da genealogia dos imigrantes italianos de Florânia, em especial a família GIFFONI, porém posso trazer para nossos internautas uma modesta analogia da influência arquitetônica dessa família europeia que aqui se instalou e enraizou seus costumes e hábitos, adequando-os ao cotidiano de Flores durante o final do século XIX e início do século XX.

Essa Influência está retratada na arquitetura secular floraniense, merecendo relevância o conjunto arquitetônico da igreja Matriz de São Sebastião, em especial, os contornos das portas laterais e centrais, imitando assim, o Convento di San Francesco na região de Giffoni Valle Piana, na Itália. Outro local é a rua que leva o nome do seu antigo proprietário Antônio Giffoni, localizada no centro da cidade de Florânia/RN.

Observe as figuras, faça a sua própria leitura de imagem e crie suas conclusões.

Por Junior Galdino

Clique nas fotos montagens para ampliá-las.