SARAU CULTURAL DAS COISAS DE FLORÂNIA

Queremos agradecer a todos que aceitaram o convite e compareceram no último dia 27 na Rua João Damata Toscano para abrilhantar o Sarau Cultural em comemoração ao 1º aniversário do nosso Blog.

PRESENÇA DOS BLOGUEIROS/SITES

Foi gratificante receber grandes amigos numa noite muito especial, onde juntos podemos nos deliciar do sabor cultural das coisas de Florânia, apesar do tempo chuvoso o evento foi maravilhoso num ambiente de muita amizade e descontração.

O evento teve a participação de vários artistas da terra que presentearam o público com belas canções, poesias e textos.

PAIZINHO, MARIA JOSÉ E SEU SEVERINO COITÉ

Nossos agradecimentos aos moradores da João Damata Toscano que tão bem acolheram os convidados e em especial a todos os artistas que compareceram ao evento, aos blogueiros da cidade, enfim a todos que de uma maneira ou de outra nos prestigiaram.

JUNIOR RODRIGUES E WENDELL (GRUPO CATÓLICA)
MANOEL NAZARENO
PEDRO LUPERCILIO, RECITANDO O CORDEL DAS COISAS DE FLORÂNIA
SAMUEL VICTOR (POESIA)
PROFESSORA RITA DEUSA RECITANDO SEUS POEMAS
FILOSOFO JOELSON (RECITANDO POESIA)

 

DAGUIA RODRIGUES (DAGA)
JOTA JÚNIOR (MONÓLOGO)
PROFESSOR DE FILOSOFIA E TEÓLOGO JACKISLANDY MEIRA (TEXTO DE REFLEXÃO)
ANTÔNIO DOIS OURO ( SANFONEIRO)

Atenciosamente:  Junior Galdino e Domingos Toscano

Anúncios

LANÇAMENTO DO CORDEL DAS COISAS DE FLORÂNIA

Capa do Cordel das Coisas de Florânia, que será lançado dia 27/01(sexta-feira), as 19h00min., durante o Sarau Cultural em homenagem ao 1º Aniversário do blog http://www.coisasdeflorania.com

Sobre meu amigo DOMINGOS TOSCANO DE MEDEIROS(Didi).                 

Nasceu em 01 de abril de 1969, na cidade de Florânia/RN, é filho de Francisco Fernandes de Azevêdo (Fernando Dois Ouro) e Cícera Toscano de Medeiros.

Começou sua vida escolar aos 7 anos de idade na Escola Isolada Dr. Getúlio Vargas no Sítio Fechado, continuou o Ensino Fundamental no Grupo Escolar Cel. Silvino Bezerra e veio a concluí-lo na Escola Senador Novaes Filho  (Recife-PE).

Cursou o Magistério na Escola Teônia Amaral.

É graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acarú.

Exerceu o cargo de Conselheiro Tutelar no triênio 2005/2007.

Atualmente é professor da rede pública no CEMEI Profº José Felício na cidade de São Vicente/RN e Leciona Geografia na Escola Nossa Senhora das Graças.

Capa – Domingos Toscano

Postagem por Junior Galdino

IAPERI ARAÚJO EXPÕE PINTURAS COM TEMA DE SÃO SEBASTIÃO

A primeira edição do projeto “Privado é Público” de 2012 apresenta ao público natalense toda a devoção e o apreço que o médico, artista plástico e escritor Iaperi Araújo tem por São Sebastião, personagem principal do acervo que ocupa a galeria Newton Navarro da Fundação José Augusto até o próximo dia 31 de janeiro. Natural de Florânia, Araújo homenageia pela quarta vez o padroeiro da cidade onde nasceu e explica que a exposição está dividida em dois momentos distintos: “Valei-me São Sebastião dos Outros” e “Valei-me meu são São Sebastião”.

Iaperi Araújo expõe acervo pessoal na FJA

“Nessa quarta exposição coletiva adoto o mesmo formato da anterior: mostro quadros novos que produzi especialmente para a ocasião, junto com trabalhos de outros artistas que também se inspiraram no santo”, explicou. A primeira vez que abordou a temática, em 1994, Iaperi criou 20 telas e na segunda convidou outras pessoas para dividir com ele a galeria com quadros especialmente pintados para a ocasião.

São Sebastião sertanejo
São Sebastião sertanejo, Reprodução/Iaperi Araújo

Desta vez reúne 26 obras, 20 do acervo pessoal e seis inéditas – as únicas que estão à venda. “Esse acervo me acompanha há bastante tempo, são trabalhos de artistas que admiro, e não pretendo me desfazer deles”, garantiu. Há quadros de Leopoldo Nelson, Jomar Jackson, Arruda Sales, Nivaldo Rocha e uma escultura do primo Sebastião Didi.

Araújo, que também responde como presidente do Conselho Estadual de Cultura, ainda incluiu na mostra exposição oratório e estandarte alusivos ao santo italiano, também padroeiro de outros lugares do RN como Pirangi (em Parnamirim), Caraúbas, Nova Cruz, Caiçara do Rio dos Ventos, Parelhas e do bairro natalense do Alecrim.

Representações nordestinas, Reprodução/Iaperi Araújo

De acordo com ele, São Sebastião é um santo bastante presente no imaginário religioso do brasileiro: “Padroeiro da Igreja, protetor dos povos contra  as grandes catástrofes, epidemias e guerras, esta  homenagem ao santinho de túnica vermelha é a quarta que faço em honra às minhas origens do chão floraniense do sertão do Seridó.”

São Sebastião é uma paixão antiga na vida de Iaperi Araújo, que considera essa exposição “um documentário de estética e fé. Também pesquisador dos costumes, tradições e histórias do RN, Iaperi lembra que São Sebastião está entre os santos que não foram pintados pelos grandes mestres do Renascimento como Michelangelo, “e sua imagem acabou sendo processada aqui no Brasil em um ambiente mais próximo do nosso, por isso algumas pinturas trazem ele junto com paisagens sertanejas.

FONTE: TRIBUNA DO NORTE, para ver essa matéria na íntegra acesse: http://tribunadonorte.com.br/noticia/iaperi-araujo-expoe-pinturas-com-tema-de-sao-sebastiao/209631

PARA VER A COBERTURA COMPLETA DA EXPOSIÇÃO ACESSE O BLOG OUTRAS  E OUTRAS http://outraseoutras.blogspot.com/2012/01/valei-me-sao-sebastiao-reuniu-artistas_20.html

Por Domingos Toscano

COISAS DE RAIMUNDO NONATO

SOU AD – VO – GA – DOOO!!

Cuidado com as respostas…

Ele tornou-se um advogado especialista, não queria saber de outra
função que não fosse a sua especialidade.

Um dia, em casa, sua mulher pediu:
– Querido, o ferro não esquenta. Dê uma olhada, por favor…
– Querida, acooordaaaaaa!!! Eu não sou eletricista!!! Sou advogado!

No outro dia:
– Querido, a pia entupiu. Você pode dar uma olhadinha?
– Querida, acoooordaaaaaa!!! Eu não sou encanador!!! Eu sou um advogado!!!!!

Na segunda-feira seguinte:
– Querido, a torradeira está pegando fogo!
– Mulher, vê se acooordaaaaaaa!!! (alterado) Eu não sou bombeiro,
SOU AD – VO – GA – DOOOO!!!!!

No fim de semana, descansando, ele descobre que tudo o que a mulher
havia reclamado estava em perfeito funcionamento.

E ele pergunta:
– Querida, quem fez todos esses reparos?
– Ora, querido, você lembra daquele seu amigo engenheiro que você
trouxe para ceia do natal, aqui no sábado passado?
– Sim, lembro.
– Então, ele se prontificou a consertar tudo.
– Como assim?
Ele fez tudo de graça?
– É claro que não! Ele me disse que eu poderia pagar de duas formas: eu faria outro prato igual ao que ele jantou aqui ou lhe dava o prazer de um sexo bem animal…

– E o que você fez?!?!

– Querido… Helloooo… Acoooordaaaa!!!!!

Eu NÃO sou CO – ZI – NHEI – RAAAAAA……..

Por Domingos Toscano