Segunda: 7

 

Anúncios

NOSSO CORDEL É ENCANTADOR

Contrariando toda a desvalorização do magistério local, professores vencem obstáculos e contornam as intempéries caóticas instaladas ao piso salarial por alguns governantes.

Assim podemos citar, no universo desses profissionais, vários trabalhos realizados nas escolas municipais do nosso município.

Aqui está uma pequena mostra do trabalho desenvolvido na Escola Municipal Domingas Francelina das Neves, no bairro Rainha do Prado.

O Projeto Pedagógico Conhecimentos e Culturas Artísticas foi desenvolvido pela professora Maria das Graças Francelino (Graça Francelino), com a turma do 6º Ano I, do turno Vespertino, nas disciplinas de Artes e Cultura. Seu Objetivo Geral é proporcionar ao aluno(a) a oportunidade de conhecer e discutir o valor da arte intrínseca na cultura regional  nordestina.

Foi aplicada em sala de aula uma oficina de confecção de cordel. Cada grupo de alunos escrevia e desenhava seu próprio livreto cordelístico.

Todos e todas estão de parabéns em especial a turma do 6º Ano I: Arlindo Paulino, Bruno Eduardo, Cássio Miguel, Damião Igor, Damião Marcos, Daniela Maria, Edilene Alane, Edson Vinicius, Eduardo Soares, Emilly Moanna, Gilson Laurentino, Gisely Vasconcelos, Iolanda Karla, Iracilda Delmiro, Joelson da Silva, Joelson Marcos, José Bruno, José Francisco, José Leonardo, José Mateus, José Uandeilson, Josias Lopes, Juliana Beatriz, Juliana Rayane, Karla Maria, Larissa Fernandes, Maria Aline, Maria das Graças, Mayara da Silva, Silmara Kellis, Walyson Medeiros e Willian Anderson.

Por Junior Galdino

CALÇAMENTO DO SANTUÁRIO DAS GRAÇAS

Ouvindo a nossa rádio comunitária Ibiapina FM, escutei uma propaganda falando a respeito do calçamento da estrada do Santuário das Graças e reportei-me ao final dos anos de 1950, quando chegava ao centro da cidade de Florânia o desenvolvimento municipal, o CALÇAMENTO.

Sim, isso mesmo, em Florânia ao final da década de 50, século XX, como também em outras cidades interioranas do Brasil, o desenvolvimento estava ligado ao paralelepípedo, na língua portuguesa um “substantivo masculino, Geométrico Hexaedro cujas faces, opostas e paralelas entre si, são paralelogramos, ou seja, pequeno bloco de pedra, usado no calçamento de ruas e estradas” (http://www.dicio.com.br).

Porém, o blog quer chamar a atenção do nosso internauta para as fotos abaixo (Ano de 1958 e Ano de 2011, respectivamente) e mostrar o efeito que a pavimentação causa nas pessoas até os dias de hoje, 60 anos depois.

Foto – Detinha Silva e Ilda Damasceno(em memória), ao fundo Casa das Freiras e antigo prédio da Prefeitura municipal – 1958 – Arquivo pessoal Zé Damasceno(em memória)

Foto – Claudimar Santos(Ano de 2011) – Arquivo pessoal

Parabéns à Paróquia de São Sebastião, ao Povo de Florânia e à Prefeitura Municipal, pois essa concretização torna um sonho de fé em realidade.

Já dizia Raul Santos Seixas: “Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto É REALIDADE”.

Por Junior Galdino

HOJE É DIA DA AVÓ

Certo dia eu gravei 14 músicas em um compact disc. Esse CD trazia o título de Mistura Fina. Entre várias canções de compositores e interpretes conceituados estava uma canção com o nome de POEMA (letra de Cazuza e música de Ney Matogrosso) e essa canção é uma das minhas preferidas.

A letra da música foi escrita por Cazuza quando tinha cerca de 14 anos e, aproximadamente nessa mesma época, sua avó morreu. Cazuza dedicou a letra dessa canção para ela de quem ele tanto gostava.(Por favor, corrija-me se eu estiver errado).

A letra descreve um sentimento de perda de alguém que amamos muito, mas ao mesmo tempo sabemos que estará sempre conosco…

Dona Luzia Cosme

Essa canção e o clip da mesma dedico a Dona Luzia Cosme avó de Lucas Azevêdo, Daniel, Élmano, como também a Dona Ciça (em memória) avó de Natanael, Samuel, Natália, Yasmim, Cristina, Santina, Daniel, Maria Tereza, João Pedro, Renato, Fernanda e a todas às avós de Florânia.

Dona Ciça, Domingos Toscano e Tio Fernando

Por Junior Galdino

COISAS DE SÃO VICENTE (Direto do Túnel do Tempo)

Dando uma pesquisada nos arquivos do  Bugi, encontrei essa postagem do colunista social Paulo Roberto Lopes, que trata do cotidiano da sociedade Vicentina em abril de 1988.

Postagem: Domingos Toscano – Se você tem alguma foto ou matéria sobre São Vicente e acha que vale a pena ser postada, envie para nosso blog. Contato domingosgeo@hotmail.com