Mais uma vez nossas coisas são comparadas de maneira nostálgica. Nessa postagem pedimos aos nossos leitores e internautas que observem com bastante cuidado as mudanças ocorridas nas fotos. Ruas sem calçamentos, a torre da igreja, a lombada, a energia elétrica, o meio de transporte…

Agora é com você e aproveita para fazer algum comentário. Desejo-lhe uma ótima observação.

Por Junior Galdino

Anúncios

Sobre Domingos e Junior

somos Pedagogo e geógrafo

»

  1. Domingos Toscano de Medeiros disse:

    São vários os detalhes, sou meio suspeito pra falar, mas essas pontinhas das folhas que eu acho ser da gameleira de ontem e de hoje não me passam desapercebidas.

    Curtir

  2. galdino1 disse:

    E eu que pensava que ninguém iria notar as pequenas folhas das gameleiras. Valeu Didi.Bem observado!
    Junior Galdino

    Curtir

  3. Narciza Rodrigues disse:

    Prefiro comentar as coisas que o tempo não conseguiu destruir: a gameleira, o charme interiorano, a imponência da igreja matriz. Acho que por traz da arborização atual, dá para distinguir um ficus. Será que é o mesmo da foto anterior?
    Quem seriam as duas crianças da foto antiga ? Alguém se arrisca a comentar?
    Que saudade das ” esquinas da minha infância!”
    Narciza Rodrigues

    Curtir

  4. Edna disse:

    Gostei das fotos comparando o ontem e o hoje. É interessante observar que algumas coisas não mudam, como por exemplo a simplicidade e o charme interiorano. Fiquei curiosa para saber quem são as crianças que aparecem na foto. Parabéns pela dinâmica do blog!
    Edna

    25/06/2011

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s